Clínica Popular Mais Saúde – Geriatria

Qual é o papel do geriatra?

O médico geriatra é o profissional responsável por cuidar da população idosa, é ele quem atua no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças que os atingem. A geriatria ficou conhecida como a medicina do idoso, sendo que todos os aspectos da saúde de um paciente na melhor idade são avaliados por médicos dessa especialidade.

 

Geriatria x Gerontologia, qual é a diferença?

A área da Geriatria limita-se a atuar sobre os aspectos físicos, na promoção e cuidado de saúde ao indivíduo idoso, a Gerontologia foca na promoção de bem estar, olhando tanto para as condições sociais, psicológicas, fisiológicas e até mesmo espirituais que influenciam diretamente na qualidade de vida da população idosa.

 

Qual é a expectativa de vida do brasileiro?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, a expectativa média de vida no Brasil, no ano de 2019, foi de 76,6 anos sendo que, entre os homens, a expectativa de vida foi de 73,1 anos e, já as mulheres possuem uma maior expectativa de vida, alcançando, em média, 80,1 anos. O resultado apresenta 3 meses a mais em comparação com o índice atingido em 2018 (76,3 anos), todavia as pesquisas realizadas no ano de 2020 não foram animadores. De acordo com a BBC, o brasileiro perdeu quase dois anos de expectativa de vida em 2020 por causa da pandemia de covid-19. Em média, bebês nascidos no Brasil em 2020 viverão 1,94 ano a menos do que se esperaria sem o quadro sanitário atual no país. Ou seja, 74,8 anos em vez dos 76,7 anos de vida anteriormente projetados.

 

A partir de que idade posso começar a ir ao geriatra?

Cada país tem autonomia para definir quando começa a melhor idade, no Brasil, considera-se que ela tem início a partir dos 60 anos, mas vale lembrar que o acompanhamento especializado não possui uma idade especificada, podendo começar antes da faixa etária dos 60, entre os 40 e 50 anos.

 

O que será avaliado na primeira consulta?

A primeira consulta costuma ser a mais demorada, já que o paciente será avaliado como um todo. Como o de praxe em qualquer consulta, o profissional irá perguntar sobre o histórico de doenças do paciente e de sua família, ele precisa saber tudo sobre sua rotina, se toma remédios controlados, se possui diabetes e necessita de insulina, se tem problemas ósseos, problemas cardíacos etc. Normalmente, um exame de sangue, ou de urina poderá ser requisitado para uma avaliação mais precisa.

 

Quais doenças são comuns na melhor idade?

Entre as doenças mais comuns em idosos estão:

Derrames (AVC): Seus sintomas incluem dificuldade ao andar, falar e afeta a compreensão, os sintomas vêm acompanhados também de paralisia ou dormência da face, do braço ou da perna.

Diabetes: Grupo de doenças que resultam em muito açúcar no sangue (alto nível de glicose no sangue).

Doenças do coração: Sendo Arteriosclerose, Angina, Infarto, Insuficiência cardíaca, Arritmia, Cardiomiopatia, Doença arterial periférica e Endocardite as mais comuns.

Osteoporose: Condição na qual o corpo absorve e substitui o tecido ósseo constantemente. Na osteoporose, a nova criação óssea não acompanha a remoção da camada óssea anterior. Muitas pessoas não apresentam sintomas até que tenham uma fratura óssea.

Pneumonia: Na pneumonia, os sacos aéreos podem ficar cheios de líquido ou pus. A infecção pode ser fatal para qualquer pessoa, mas particularmente para bebês, crianças e pessoas com mais de 65 anos. Os sintomas incluem tosse com catarro ou pus, febre, calafrios e dificuldade respiratória.

Câncer: Doença em que as células anormais se dividem incontrolavelmente e destroem o tecido do corpo. Os sintomas variam muito ou podem não ocorrer. Alguns pacientes têm inchaços anormais, febres inexplicáveis, sudorese noturna ou perda de peso involuntária.

Infecção urinária: Infecção em alguma parte do sistema urinário, nos rins, na bexiga ou na uretra. As infecções do trato urinário são mais comuns em mulheres. Geralmente, ocorrem na bexiga ou na uretra, mas as infecções mais graves envolvem o rim. A infecção na bexiga pode causar dor pélvica, aumento da vontade de urinar, dor ao urinar e sangramento na urina. A infecção nos rins pode causar dor nas costas, náuseas, vômitos e febre.

Bronquite: Inflamação da mucosa dos tubos brônquicos, que transportam o ar para dentro e para fora dos pulmões. A bronquite aguda geralmente é causada por uma infecção respiratória viral e melhora por conta própria. Os sintomas da bronquite incluem tosse com muco espesso e falta de ar.

 

Existem restrições para a pessoa idosa?

Velhice não é sinônimo de monotonia, e acredite, nunca é tarde para aprender coisas novas, mas sim, dependendo da saúde do paciente, algumas restrições podem existir, por isso é importante a ida frequente ao profissional geriatra, ele será capaz de acompanhar a saúde do idoso e dizer o que ele poderá ou não fazer. O que é possível adiantar é que profissional nenhum irá restringir seu paciente uma alimentação balanceada e exercícios físicos leves.

 

Quais hábitos adotar para chegar bem aos 60?

É inevitável, o envelhecimento faz parte do desenvolvimento do ser humano, entretanto a velhice não pode ser tratada como um período de fragilidade, a qualidade de vida é a chave para chegar com tudo na terceira idade. Bom, como foi dito acima, exercícios e alimentação balanceada são muito bem-vindos. A alimentação deve muitas frutas e verduras. Alimentos como azeite e iogurte auxiliam no bom funcionamento do intestino. É comum que haja a necessidade de suplementos com vitaminas ou minerais para os idosos que não se alimentam da maneira correta.

 

 

A Clínica Popular Mais Saúde oferece um atendimento humanizado e preços acessíveis para estes tratamentos. O Centro Médico está localizado na Av. Cachoeira Dourada, QD 13 LT 08, Vila São Joaquim, Anápolis. Para agendamento de consultas ou mais informações, entre em contato pelos números de telefone: (62) 3098-4645 ou 99111-5662.